Projeto “Monitoramento Costeiro de Caucaia” é apresentado nesta quinta (08)

08/02/18  

/admin/view/noticia/img/20180208181113avanco_do_mar.jpg

Um projeto de monitoramento das movimentações marítimas, através de videomonitoramento, denominado de “Monitoramento Costeiro de Caucaia” (MOC), foi apresentado a vice-prefeita, Lívia Arruda, nesta quinta-feira (08/02) e deve seguir para análise da Procuradoria Geral do Município. O trabalho foi apresentado pelo coordenador do projeto de estudos sobre avanço do mar da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Davis Pereira de Paula, e pelo diretor presidente do Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos (IEPRO), Luiz Carlos Mendes.  

A ideia é de que seja realizado monitoramento da erosão costeira no município de Caucaia durante 24 meses. Após o monitoramento, serão identificados os principais problemas de erosão verificados ao longo de todo o litoral caucaiense. Conforme os técnicos, o monitoramento é um instrumento legal preconizado pelo Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro.


Para a vice-prefeita, Lívia Arruda, a parceria do município com a Universidade viabilizará uma solução definitiva para reverter a situação da erosão marinha em Caucaia. “É importante o acompanhamento para se conhecer mais o comportamento do mar nas mais adversas situações e, desta forma, construir uma estrutura que ofereça suporte a quaisquer condições naturais”, destaca Lívia.

Através de três cédulas de monitoramento, instaladas nas praias do Icaraí, Tabuba e Cumbuco, o trabalho consiste na aquisição de dados de topografia costeira, característica sedimentar das praias, movimento de areias entre sistemas diferentes, características hidrodinâmicas secundárias e primárias, dentre outras informações.

Já o secretário municipal de Infraestrutura, Kleber Correia, assegura que o estudo realizado dará subsídios para implantar todas as obras que podem ser erguidas ao longo do litoral, e evitar o avanço do mar. “Todos os subsídios serão gerados através deste estudo que será levantado das correntes marítimas, e desta forma avaliará suportes com mais exatidão para se produzir projetos de contenção do mar”, avalia. 

Conforme o presidente do Iepro, Luiz Carlos Mendes, após relatório produzido pelo monitoramento o diagnóstico dará a base para desenvolver um projeto de ordenamento do litoral. “Nós saberemos como lidar de uma forma mais consistente e assertiva com o fator natural em Caucaia”, frisa. O professor Davis Pereira de Paula, destaca: “O município tem um conjunto de fatores que provocam a erosão. A proposta da parceria com o plano de monitoramento é uma ferramenta do Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro onde os municípios devem implementar para conhecer um pouco mais da dinâmica de cada litoral”, explica Davis.



Processo de
Qualificação Profissional

Concurso
Caucaia

Ouvidoria Geral
do Município

Minha Casa
Minha Vida

Acesso a
Informação

Ouvidoria
SUS